out 28

Mais uma dica para chromecast

Acabei de achar mais um aplicativo para utilizar com o chromecast, é o popcorn time ! Não se assustem com o link, pois como o popcorn time é um projeto open source, há mais de um em desenvolvimento e o do site https://popcorntime.io/ é o aplicativo melhorzinho, porém esse do  http://popcorn-time.se/ é o que tem suporte a chromecast, e pelo que eu pude testar até agora está rodando lisinho.

Só tem um porém, as legendas das séries a princípio não tem nesse popcorn time, mas você pode baixar a legenda e colocar que funciona sem problemas!

Fica a dica!

 

ago 27

Usos para o chromecast

Há dois meses comprei um chromecast e mesmo tendo smartv vale a pena!

Ele sozinho não faz muita coisa, mas em conjunto com um smartphone ou tablet e um pc para ser o media server as possibilidades são muitas!!  Nesse post vou resumir algumas que eu utilizo.

  1. Netflix – mesmo minha TV tendo Netflix, utilizar do celular e mandar para o chromecast é muito mais rápido, fora isso não tem muita vantagem.
  2. Youtube – mesmo caso do Netflix, transmitir pelo chromecast é muito mais rápido, principalmente porque navegar nos aplicativos da TV via controle remoto é uma porcaria. Tem até aplicativo de controle remoto para o celular, mas não é muito bom também.
  3. Rdio – vai receber gente em casa e quer colocar aquela música ambiente, baixe o Rdio(Google play store ou apple store), e manda pro chromecast. Fica melhor ainda se você tiver um home theater!
  4. Plex – Esse é pra mim o melhor uso de todos.O Plex é um media server onde você instala ele em algum PC, configura seus diretórios de filmes, seriados, shows, etc. e você pode configurar para ele baixar sinopses, capa, informações, legendas além dele organizar seus seriados por temporada!  Você pode também comprar o app do plex (Android, Iphone) para controlar o que quer ver, ou está vendo a partir do tablet ou smartphone!
  5. Videostream – plugin para o google chrome onde você pode escolher um arquivo no seu pc, escolher o arquivo de legenda e mandar tocar no chromecast. Ele também tem um app, por enquanto só para Android e em breve para Iphone, onde uma vez iniciado o filme a partir do seu pc, ele passa a controlar pause e avançar ou voltar o filme.

Esses são meus principais usos do chromecast até o momento, ainda acredito que vários apps farão uso do chromecast, aumentando ainda mais sua utilidade. Eu comprei por 120 reais, mas até mesmo os 200 reais que são cobrados aqui valem a pena.

mai 21

Loading gifs

Dica rápida para quem trabalha com ajax e não sabe criar ou manipular imagens e não quer perder tempo caçando imagens prontas na internet.

Quando queremos bloquear a tela e mostrar que estamos executando um processamento ajax que demora alguns segundos ou até minutos,é interessante colocar uma imagem animada que indique ao usuário que algo está sendo executado. Para criar esses gifs eu encontrei nas internets um site bem legal : http://preloaders.net/ .

Nele você tem uma lista de gifs( não são muitos, mas já ajuda), e aí você pode personalizar cor, velocidade, frames, dentre outras características do gif e criar na mesma hora do jeito que você quiser!

fev 05

Dica rápida de compras na china

Acabei de receber minha segunda encomenda ontem. Comprei no fim do ano passado um headphone bluetooth e um capa pra kindle! O lugar? Aliexpress . Todas as compras vieram com rastreio, aí é só colocar lá no muambator e receber por email as notificações de mudança.

Antes eu comprava no DX, mas estava vindo sem rastreio e algumas das minhas encomendas não estavam chegando, aí é só dor de cabeça reclamando lá.  No Aliexpress não tem erro, 2 dias depois da compra é postado o produto e você recebe o código de rastreio. E se não chegar você abre uma disputa no site para reaver seu dinheiro. Não precisei disso ainda, e espero não precisar, mas já é uma medida de confiança a mais!

É isso pra quem comprava no DX e está achando o serviço deles ruim fica a dica!

 

jan 10

Aplicativos web para projetar ambientes

Antes de mais nada ótimo ano novo para todos nós!! Agora vamos ao que interessa, ultimamente precisei desenvolver a planta de um apartamento e para isso achei alguns aplicativos bem interessantes que vale a pena compartilhar aqui! O primeiro que utilizer foi o planner 5d  , que é bem fácil de se utilizar, você constrói os ambientes, coloca portas, paredes, móveis, etc. Uma funcionalidade que eu gostei bastante nele é você poder alterar o tamanho dos móveis, eletrodomésticos, etc., pois assim você consegue planejar melhor os móveis que você deseja comprar de acordo com as medidas reais deles. Abaixo seguem algumas telas de exemplo do aplicativo, ele funciona diretamente na web e ainda possui a possibilidade de visualização 3d.

 

planneldd plannerdexemploplanner5d

 

Você pode também compartilhar seus projetos via redes sociais ou email.Uma desvantagens que eu vi é você não poder alterar a espessura das paredes.   Outro que utilizei foi o autodesk homestyler que é bem parecido com o planner 5d, porém nele você pode modificar a espessura das paredes, mas a desvantagem é de você não poder alterar o tamanho dos móveis, eletrodomésticos, etc., ele possui apenas tamanhos pré-definidos, o que prejudica um pouco quando você quer ver se um móvel planejado  ficaria bom no seu ambiente.

autodesk

Outro que eu vi mas não recomendo é o floorplanner, ele é até um bom aplicativo, mas não é completamente gratuito, ele limita contas gratuitas a apenas um projeto, apesar de ser o que possui a maior quantidade de parafernlhas para se colocar no projeto. Tem diversos outros aplicativos que fazem isso também, mas estes foram os que eu utilizei e os 2 primeiros eu recomendo. Quem tiver alguma sugestão pode colocar aí nos comentários. Um bom lugar para achar esses aplicativos web e outros diversos é acessar a Chrome Web Store . Estes eu achei indo em Produtividade -> Ferramentas Criativas.

set 18

Cursos online gratuitos

Pessoal, descobri outro dia o site da coursera, que é um portal de cursos online oferecidos pelas principais universidades do mundo. Me inscrevi em 2 cursos para experimentar: Introdução ao pensamento matemático e Princípios da programação funcional com Scala. Ainda não tenho muito o que dizer, pois os 2 cursos começaram esta semana e ainda não teve muita coisa, mas pelo que vi até agora achei o formato deles bem interessante.

São vídeo-aulas, textos em pdf, fórum de discussão, quiz, entre outros recursos. Pra quem tem interesse fica a dica!

 

mai 03

Apps para quem gosta de viajar!

Ando meio sumido, mas esse ano tá pegando no trabalho, então tá meio difícil postar algo aqui.
Como agora estou entrando de férias vou postar algo que ajude a planejar férias pra quem tem smartphones android, mas alguns desses apps também tem para iphone.
O primeiro é o tourist eye, aqui você poderá encontrá-lo no google play, antigo market. Com ele você pode organizar suas viagens tanto no site quanto no smartphone, porém para incluir as atrações somente no site por enquanto.

página inicial do touristeye

Depois de criar seu itinerário no site você pode fazer o download dele no app, das cidades, incluindo os mapas e das atrações e restaurantes, para poder acessá-los a qualquer momento sem precisar de acesso a internet, pois ninguém é doido de ficar pagando 3g em roaming internacional.  É bem intuitivo e fácil de usar. No site também pode exportar o itinerário para PDF, para aqueles que ainda gostam do bom e velho papel é só imprimir, fica muito bom, com a descrição das atrações e pequenos mapas. E o melhor de tudo : é gratuito. Entra lá experimenta e qualquer coisa comenta aqui.

Outro que eu recomendo é um guia de cidade em formato de app, ele é do tripadvisor que é um famoso site de viagens. Ele possui o guia da cidade de algumas cidades mais famosas como Nova Iorque, Paris , Londres, Amsterdam, etc. Nele você baixa várias informações da cidade, como restaurantes, locais para visitar, hotéis, mapas, fotos, comentários.

Por hoje é isso aí, espero retomar o blog com mais informações e em breve com algumas dicas da minha viagem de férias.

nov 03

Linked Data é o futuro?

Você deve estar se perguntando o que diabos é linked data, primeiramente tentarei explicar resumidamente e claramente(se é que isso é possível) e depois deixarei a questão por aberto, pois não tenho opinião formada ainda.
Tudo começou quando Tim Berners-Lee resolveu dizer que criar a web não era mais o suficiente para ele, e ele precisava inventar algo novo. Com isso foram criadas melhores práticas de como se publicar recursos na Web de maneira que estes recursos pudessem ser acessados de maneira simples através de uma URL, que sejam publicados em formatos padrão, como RDF, e que possua links para outros recursos, para que novas descobertas sejam possíveis.

Por exemplo, imagine que eu tenha um banco de dados sobre animais e quero publicá-lo como linked data. Primeiramente: como identificar meus recursos? Talvez cada animal seja um recurso, por que não. Preciso então que esses recursos possuam uma URI única que possa ser acessada como uma URL, assim um cachorro teria como uma provável URL: meudominio/animais/cachorro . Além disso este recurso possui propriedades e estas possuem seus valores, sejam esses links para outros recursos ou um número, nome, etc. Com isso um exemplo das propriedades e respectivos valores do cachorro seriam :

  • Raça – Labrador
  • Classe – mamífero
  • Quantidade de patas – 4

Você pode atribuir aí outras n propriedades, mas acho que deu para entender mais ou menos até agora. Agora vamos ver o seguinte, a classe  mamífero pode ser um recurso que em alguém publicou como linked data, que tal então eu agregar mais informações a minha base colocando como valor da minha propriedade um link para esse recurso, assim temos:

  • Classe – www.classesdeanimaisficticia.com/classes/mamiferos

Assim a pessoa pode ir navegando e descobrindo mais e mais informações.

Não para por aí, vejamos, eu tenho minha base de animais, e lá no Usbequistão um cientista também tem a base de animais dele e vai publicá-la como linked data, e classe para ele é uma propriedade com um nome diferente do meu. O que isso quer dizer? Digamos que eu tenho uma pequena base, e que ele tenha algo a mais que complemente a minha, porém ao termos propriedades que significam a mesma coisa, mas que possuem uma nomenclatura distinta, não conseguimos de forma fácil integrá-las. Como resolver isso então?? Para isso existem diversas iniciativas de criação de vocabulários padronizados, como por exemplo o FOAF, VCARD, etc. No FOAF (Friend Of A Friend) temos um vocabulário para descrever pessoas, e no Vcard temos um para cartão de visitas, assim quem utilizar esses vocabulários padrão serão compreendidos mais facilmente.

Outro ponto que não comentei ainda é o seguinte, ao utilizar RDF, linked data permite que seus dados sejam acessados por máquinas uma vez que possuem metadados que permitem que se dê semântica aos dados contidos num documento RDF. Daí a importância de se utilizar vocabulários padronizados.

Hoje em dia quem está utilizando linked data são os governos com interesse em disponibilizar seus dados como LOD – Linked Open Data, ou seja abrem seus dados em formato de linked data. E um grande fomentador disso tudo é a dbpedia, que transforma o conteúdo da wikipedia em linked data, lá também tem ligações com outras fontes de linked data.

Essa é uma área relativamente nova na computação, com isso muito do que se tem hoje é resultado de pesquisas acadêmicas.  Porém será que é de interesse de empresas e outros órgãos privados disponibilizar seus dados na web de forma fácil de ser acessada? Será que o mercado está disposto a publicar seus dados nesse formato? Será que a web semântica nesse formato vai vingar? Muitos acreditam que sim, e que já é uma realidade, mas sua aceitação fora meio governamental e acadêmico é alta?

Essas questões eu ainda não sei responder, quem quiser comentar algo sobre o assunto fique a vontade.

Para mais informações sobre o assunto acessem o site do projeto e lá possui artigos, explicações, ferramentas , datasets ( são as bases publicadas como linked data), etc.

set 16

Ouça música de graça na internet

Antes que me perguntem, não estou ganhando nada em promover esse site, mas como faz tempo que não acho nada de bom na internet para ouvir música( antes eu usava a rádio uol, mas não tem todas as músicas que as vezes quero ouvir), resolvi divulgar o grooveshark,  um site de músicas, que você ouve músicas, cria playlists, e também é uma rede social, onde você adiciona seus amigos e assim pode ouvir as playlists deles, e vice-versa. Não dá pra trocar mensagem com seus amigos( pelo menos até agora não vi nada que permita isso), mas pra isso já existe facebook, twitter, google + , entre outras.

Você pode criar sua conta logando através da sua conta do google ou do facebook, e também você pode conectá-lo a sua conta do last.fm. Caso queira contribuir para esse site você pode pagar os serviços Anywhere – Serviço para utilizar o grooveshark em seu iphone, android, etc –  que no Brasil com os planos 3G lixos não vale muito a pena, ou o Plus – Serviço que retira a propaganda.

Ele é em javascript (Não podia fugir da computação), o que faz com que ele rode super rápido. Ele não é novo, quem já o conhecia me disse que era em flash e era muito lento antes. No more!

Fica a dica então.

PS.: Até agora só não consegui achar músicas do Korn, de resto tem tudo.

mar 22

Habilitar o java no firefox em linux

Para você que usa linux, no meu caso é ubuntu, e utiliza firefox, percebeu já que ao baixar uma nova versão do site da mozilla os applets java param de funcionar. Eu acabei de baixar o firefox 4, muito bom, visual mais limpo e a primeira impressão é que está mais rápida a navegação, e mais uma vez ( pois não anotei como fiz da última) tive que perder alguns minutinhos configurando o plugin do java,  já que o que acho na internet logo de cara é criar um link do plugin libjavaplugin_oji.so que se encontra em /jdkXXX/jre/plugin/i386/ns7 , porém achei em outro lugar que não é mais essa a biblioteca necessária e sim a libnpjp2.so que fica em /jdkXXX/jre/lib/i386.

Para fazer funcionar crie um diretório com o nome plugins na pasta onde possui o arquivo de execução do firefox e então crie um link da biblioteca libnpjp2.so e o coloque nesta pasta. Para criar tal link você tem duas opções (Eu fiz no ubuntu, portanto se em alguma outra distribuição for diferente, desculpe-me):

1) Visualmente, selecionando com o botão direito do mouse a lib e escolhendo a opção criar link, em seguida recortar e colá-lo na pasta plugins do firefox que você criou.

2) Via terminal com o comando ln -s [endereço fonte]/libnpjp2.so [endereço destino]    . Onde o endereço fonte é o citado anteriormente onde se encontra a biblioteca,  e o destino é a pasta plugins criada.